Despedida do Noel

Preparação para novo reencarne de Noel

1950: o mundo passava por uma série de transformações. A II Grande Guerra acabara há cinco anos, o mundo estava dividido entre a “liberdade burguesa” capitalista estadunidense e a “ditadura do proletariado” socialista soviética, as grandes nações européias estavam arrasadas, um sem número de países asiáticos e africanos começavam a declarar suas independências, a mulher começava a assumir um papel na sociedade que, até então, cabia apenas ao homem.

Enfim, o mundo estava em ebulição. Era o inicio dos anos dourados, de uma década que prometia prosperidade, paz e esperança aos povos da Terra.

Por aqui, vivia-se um momento de prosperidade. A democracia começava a se firmar, com a eleição de Getúlio Vargas para suceder ao presidente Dutra; e a única nota triste era a derrota do escrete nacional, na final da Copa do Mundo, disputada aqui mesmo, frente ao Uruguai.

E nessa ebulição toda, em uma pequena e bucólica cidade paulista, escondida atrás da serra, Noel Rosa, o poeta de Vila Isabel, boêmio e irreverente, agora desencarnado, ia ao encontro de uma jovem mulher, contando com seus trinta e cinco anos, para buscar compreender como viver aquela nova vida em que se encontrava e, ao mesmo tempo, auxiliá-la no cumprimento dos desígnios das tarefas por ela assumidas junto à espiritualidade.

Nascia, então, a parceria Noel/Martha que, durante seis décadas, renderam ao mundo um Grupo de consolo, amor e socorro – o nosso Grupo Noel -, inúmeros aprendizes do Evangelho espalhados pelo Planeta e um sem número de poesias, com algumas muitas se tornando música, sendo que o presente CD traz uma pequena mostra desse vasto material.

Aproveitem, então !! Ouçam e cantem no volume máximo, cheios de amor, carinho e fraternidade nos corações !!!